Quer aprender a investir e nunca mais depender da poupança para nada? Bem, está no lugar certo, pois, está na hora de dizer adeus para a poupança e saber mais sobre CDB e LC, confira a seguir:

CDB – CERTIFICADO DE DEPÓSITO BANCÁRIO



Certificado de Depósito Bancário, certamente você já ouviu falar, mas sabe como funciona exatamente?

É comum ouvir alguém dizendo que o CDB é mais lucrativo que a poupança mas, poucas explicações são dadas sobre o assunto.

Nesse caso criei um tutorial para tirar as dúvidas de uma vez por todas sobre como investir no CDB.



COMO FUNCIONA?



Para começar você tem que escolher um banco ou uma corretora que possa cuidar da parte técnica para você.

Depois que tiver o seu banco você irá abrir uma conta e então passará a ter acesso a um grande catálogo de opções, onde você vai escolher em quais títulos deseja investir.

Os títulos variam em lucratividade de acordo com o valor mínimo de investimento, com o tempo de carência e até mesmo existe uma diferença de banco para banco.



ONDE INVESTIR?



Quanto maior o banco menor é o lucro que você irá receber por cada título, uma vez que um maior número de pessoas estará participando do mesmo investimento.

Por outro lado, investir em bancos pequenos garante uma melhor taxa de retorno do seu investimento, já que eles recebem uma parte menor de dinheiro.

Outro fator vantajoso é utilizar uma corretora que seja especializada nesse tipo de serviço.

A corretora terá uma maior facilidade de encontrar bancos pequenos que sejam boas opções para o seu investimento para então te render mais.



TIPOS DE CDB



A lucratividade do CDB é sempre maior que a da poupança, mas você só saberá o quão maior depois que escolher o seu título.

Existem diferentes tipos de CDB com diferentes níveis de lucratividade, além disso, também é cobrado o imposto de renda sobre cada título, que pode variar de acordo com a duração da aplicação.

Quanto maior o tempo da aplicação menor será a porcentagem cobrada de imposto de renda ao final.

Outro motivo para essa variação de valores é que cada título de cada instituição possui diferentes regras de resgate, enquanto para alguns títulos você pode resgatar seu investimento a qualquer momento com o lucro calculado até aquele ponto, em outros você apenas pode retirar o valor na data final da aplicação.

Preste bastante atenção sobre qual título escolher, de maneira geral os títulos podem ser classificado como Prefixado, pós-fixado ou Híbrido.

LC – LETRA DE CÂMBIO



Letra de câmbio ou LC, muitas pessoas acreditam que o LC é um investimento em moeda estrangeira com uma renda variável.

Essa informação não é verdadeira, criei este texto para explicar como a LC pode ser o investimento de renda fixa mais lucrativo do mercado e exatamente como ele funciona.


 O QUE É?



As letras de câmbio funcionam de maneira similar a um investimento no tesouro direto.

A diferença é que enquanto no tesouro direto você estará comprando títulos de um determinado país às letras de câmbio são papéis de financeiras (como por exemplo a crefisa).

O motivo pelo qual os papéis de financeiras são interessantes como formas de investimento é que às financeiras são muito menores que os bancos, de modo que elas oferecem condições muito melhores para cada investimento.

Além disso, o segundo fator de interesse é que o LC é um título relativamente novo e pouco conhecido no mercado o que torna às oportunidades maiores para quem investir nesses primeiros anos da modalidade.

Basicamente você empresta uma quantidade de dinheiro a uma financeira por um determinado período de tempo para que esta instituição possa fazer negócios.

Enquanto a financeira estará assumindo o risco dos investimentos você irá receber uma renda fixa pelo seu investimento.

Esse valor será definido no momento da contratação o que torna importante a pesquisa antes de aderir a um determinado LC.


COMO INVESTIR?



O primeiro passo é pesquisar entre as diversas instituições financeiras que trabalham com a modalidade.

Normalmente às financeiras menores costumam oferecer maiores vantagens para o investidor como forma de atrair o maior número possível de investidores para um determinado título.

Caso a pesquisa seja muito extensa ou você não tenha a paciência e o conhecimento para fazer isso pessoalmente pode contratar uma corretora que cuide da parte burocrática para você e que te apresente às opções do mercado de forma rápida e organizada.

CONCLUSÃO



Uma vez que você já escolheu em qual destas duas modalidades descritas no texto quer investir, basta realizar o cadastro e seguir as instruções que serão fornecidas pela instituição escolhida.

Apesar das diferenças entre cada financeira o procedimento costuma ser sempre o mesmo e é realizado de maneira simples e rápida. Espero que este artigo tenha ajudado você!

Categorias: Finanças

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.
Criado por WP RGPD Pro